terça-feira, 16 de agosto de 2011

PODER!


Sérgio Mattos na agência 40 graus - Foto: Ribamar Filho
Por Ribamar Filho

Para quem mora no interior e tem um sonho a realizar na cidade grande, uma dica: siga a sua intuição. Foi esse o sentimento que tive ao conhecer um pouco mais da rica história do manager Sérgio Mattos, um dos grandes nomes da moda brasileira. Sua agência, a 40 graus models, é uma das mais respeitadas do ramo.

Mas quem pensa que sua carreira foi permeada por flores desde o início, se engana redondamente. Ele enfrentou muitos espinhos. Saiu do interior da Bahia, ainda jovem, e veio tentar a sorte no Rio de Janeiro. Aqui, estudou teatro e descobriu que tinha verdadeira paixão pela arte. Entre os 17 e os 22 anos fez cursos e workshops na área, além da faculdade de jornalismo. Nesse mesmo período, começou a ministrar aulas na área de moda. Depois de uma breve passagem como modelo, aos 22 anos, foi trabalhar na loja Yes Brasil, onde conheceu produtores, assistiu a desfiles e descobriu o seu maior talento, o de descobrir talentos. Depois, como ele próprio diz, tudo foi acontecendo. Foi “Poder”!

Em 1988, a Elite Models o levou para o seu casting de agentes. Passou também pela Mega Models e pela Next New York. Descobriu nomes como Daniella Sarahyba, Raica, Cauã Reymond, Marcio Garcia, Paulo Zulu, Juan Alba, Carlos Casagrande, Maria Fernanda Candido, Ana Beatriz Barros entre tantos outros nomes conhecidos. Mas foi em 1994 que descobriu uma garota chamada Gisele. O resto da história dela todo mundo já conhece, não é mesmo?

Sergio em frente ao casting feminino da agência - Foto: Ribamar Filho
Após anos e anos de trabalho, alçou voo solo e inaugurou a 40 graus models em 2004. Isso mesmo! A agência de Sérgio Mattos tem apenas sete anos de idade e já é uma das mais requisitadas e conhecidas no ramo. Ela é “Poder”, literalmente.

À frente da 40 graus, continua descobrindo novos talentos: “Sempre estou de olho. Carrego os cartões da agência para todos os lugares. Todos mesmo. Já vi ótimos perfis na fila do cinema, em restaurantes e até capinando em cidades do interior”, conta.

Mas o que é preciso para seguir carreira nessa área de Sérgio Mattos? Quem respondeu festas e muito glamour, se enganou: “É preciso ralar muito. É necessário ter atitude, personalidade e uma boa estrutura psicológica, pois neste ramo se ouve muitos nãos”. Hoje, ele recebe mais de 200 perfis diários de jovens que pretendem fazer parte do seu casting e aparecem boas surpresas.

Luisa Ravagnani e Lucas Kittel, apostas da 40 graus
Sobre apostas, ele enfatiza que a indústria da moda demanda hoje modelos de traços fortes, que fazem o tipo andrógino. Na 40 graus, dois destaques: Luisa Ravagnani e Lucas Kittel.

Sergio Mattos, por ele mesmo, é um cara dedicado à carreira, que gosta de música, leitura, teatro, cinema e que adora relaxar. E baladas, só de vez em quando: “adoro um lugar mais tranqüilo”.

Para conhecer um pouco mais do trabalho desse baiano, que tem muito “PODER”, basta acessar http://www.40grausmodels.com/ ou o blog: http://bloglog.globo.com/sergiomattos/

3 comentários:

Adenilze Barreira disse...

A vida é formada de ilusão,caos, esperança e luta. Se você tem a sorte de trabalhar no que ama, ele te dará o poder de fazer o melhor por si e por aqueles que estejam interagindo nessa jornada. Excelente matéria, Sergio Mattos é um vencedor. Parabéns Ribamar Filho.

MercadoCom disse...

Só serão aceitos comentários de pessoas que se identificarem.

Carlos N. Andrade disse...

Bacana, Sergio Mattos é um cara que respeito e admiro muito, por ser inovador, direto, intuitivo e ter um excelente tino para o marketing pessoal.

Abraço

Carlos N. Andrade
Top Kids & Teens